AUXÍLIO: Salvaguarda da vida humana no mar

Publicado em: 28/08/2019
Créditos: NOTÍCIA

AUXÍLIO: Salvaguarda da vida humana no mar

Em cerimônia realizada no último dia 26 de agosto, no escritório da Cia. de Navegação NORSUL, no Rio de Janeiro, o Tribunal Marítimo concedeu ao Comandante Miklos Geza Stammer do Empurrador Oceânico NORSUL RIO, o Prêmio Salvaguarda da Vida Humana no Mar.

 

A cerimônia de homenagem aconteceu após a corte marítima julgar e considerar, por unanimidade, como exemplo de boa marinharia e ato de heroísmo a operação de busca e salvamento dos náufragos do barco de pesca conhecido como “Duro na Queda”, no litoral da Bahia, em 2015. 

 

Na ocasião, o Comandante Miklos Geza Stammer e sua tripulação desviaram da rota de transporte estabelecida para atender a pedidos de socorro do barco “Duro na Queda”. A embarcação, que devido ao mau tempo e fortes ondas, adernou e afundou em alto mar a 11 milhas náuticas do litoral da Bahia. A operação de resgate durou mais de 24 horas e conseguiu salvar 15 vidas.  

 

A corte marítima, em 23 maio 2019, após analisar os relatos considerou o ato como um exemplo e dessa forma concedeu o Prêmio Salvaguarda da Vida no Mar.

 

Segundo o Comandante Miklos: “O êxito nessa operação de busca e salvamento deve ser compartilhado com toda a tripulação do NORSUL RIO pois em alguns momentos, no mar, há situações extremas com as quais nos confrontamos e que exigem atitudes não só do Comandante, mas também dos marinheiros para salvarmos vidas em perigo”.

 

Comandante Miklos com o Prêmio Salvaguarda da Vida Humana no Mar

 

A cerimônia contou com a presença de autoridades da Marinha do Brasil e do Tribunal Marítimo, assim como toda a diretoria da NORSUL entre outros convidados civis e militares.