SAÚDE: NORSUL apoia Hospital Pequeno Príncipe

Publicado em: 08/07/2019
Créditos: SAÚDE

Pequeno Príncipe/Divulgação
Em atenção à promoção de assistência médica a crianças de todo o Brasil, a NORSUL tem orgulho de apoiar o Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba, que completa 100 anos em 2019 e é o maior hospital pediátrico do país. A empresa entende que iniciativas dessa magnitude contribuem para o desenvolvimento do país. “A NORSUL acredita no Brasil, acredita que devemos olhar para além do nosso dia a dia para poder evoluir”, diz o Coordenador de Desenvolvimento de Recursos Humanos, Claudio Almeida.

União de hospital, faculdades e instituto de pesquisa, o Complexo Pequeno Príncipe trabalha pela saúde, pelos direitos e pela vida das crianças e dos adolescentes. Ele atua em 32 especialidades médicas de média e alta complexidade, sempre prezando pela humanização hospitalar – na crença de que não há como conceber o saber fazer da pediatria sem a dimensão humana do cuidar. Com foco em excelência tecnocientífica, o hospital também segue os princípios de equidade e integralidade.

Com a concepção da humanização no tratamento, o hospital foi pioneiro na introdução, em 1982, do familiar ou responsável como acompanhante da criança e do adolescente hospitalizados. Na época ainda não era lei a criança poder contar com um acompanhante durante a internação. 

A iniciativa partiu do setor de Psicologia do Hospital, que identificou que tratamentos feitos longe de familiares acarretavam no agravamento de problemas, como maior sofrimento da criança, o aumento do estresse na equipe de trabalho e mais dias de hospitalização.

Mais de 400 transplantes de órgãos foram realizados no Pequeno Príncipe na última década, sendo que no transplante de rins ele se equipara aos melhores do mundo em sobrevida dos pacientes. Mais de 1.500 médicos pediatras, anestesistas, ortopedistas e cirurgiões pediátricos de todo o país já complementaram sua formação e especialização em estágios e residências médicas no Hospital Pequeno Príncipe.